Residência Urbana Com Tecnologia Social

05 May 2019 03:50
Tags

Back to list of posts

<h1>Resid&ecirc;ncia Urbana Com Tecnologia Social</h1>

<p>No momento em que esteve na primeira vez diante de uma estrat&eacute;gia de m&iacute;dias sociais, Luiz Telles, diretor nacional de conte&uacute;do e engajamento da Artplan, diz que enxergou uma hist&oacute;ria. “Isso neste local &eacute; roteiro. Tem elementos que executam significado. 5 Informa&ccedil;&otilde;es Pra Atingir O Sucesso Profissional De forma acelerada &eacute; simplesmente gerar artigos. &Eacute; elabora&ccedil;&atilde;o de discuss&atilde;o. E isto me interessa”, pensou &agrave; &eacute;poca.</p>

<p>Artista pl&aacute;stico, designer gr&aacute;fico e “bicho de ag&ecirc;ncia”, ele prontamente havia acumulado uma experi&ecirc;ncia de 20 anos trabalhando com marcas e ag&ecirc;ncias em imensas frentes. No entanto o fio narrativo que viu nas redes sociais o fez desejar mergulhar na &aacute;rea. “Foi quando me vi na primeira vez como pessoa de conte&uacute;do”, anuncia. Hoje, na Artplan, o executivo diz que trata as estrat&eacute;gias digitais a toda a hora do ponto de vista de constru&ccedil;&atilde;o de storytelling. “A gente tem trabalhado como se usam estruturas hist&oacute;rias prontamente conhecidas, como recursos de roteiro, estrutura em tr&ecirc;s atos, de modo que gerem mais embate.</p>

<p>Todas as coisas que fa&ccedil;o t&ecirc;m a enxergar com isto.” &Eacute; o que tem guiado toda a estrat&eacute;gia que a Artplan encampa pela cobertura de eventos pra marcas. No case do Rock in Rio, por exemplo, a ag&ecirc;ncia fez toda a intercomunica&ccedil;&atilde;o dos perfis oficiais do festival. Foram 8 meses de preparo, e um trabalho de gera&ccedil;&atilde;o de sete dias. “Come&ccedil;a na concep&ccedil;&atilde;o da ideia. A gente tenta garantir isto na g&ecirc;nesis.</p>

<p>A pot&ecirc;ncia narrativa toca as pessoas, segundo Luiz. E a estrat&eacute;gia digital, com socorro de business intelligence (BI), motiva. “A gente conseguiu concretamente algo que nunca tinha visto antes. A gente gerou 39 milh&otilde;es de intera&ccedil;&otilde;es com nossos conte&uacute;dos no decorrer do festival. Se achar que 700 1000 pessoas estavam l&aacute;, foi quase 50 vezes mais alcance, s&oacute; com o conte&uacute;do que a gente produziu.” Ao todo, foram cerca de 2.400 artigos.</p>

<p>A experi&ecirc;ncia bem-sucedida fez a Artplan desenvolver um artefato para cobertura de grandes eventos, o Artplan Now. A ideia &eacute; doar gest&atilde;o de assunto em tempo real para marcas. Antes de ter bem amarrado todo esse servi&ccedil;o, que combina assunto e tecnologia, Luiz conta que fez uma amplo arruma&ccedil;&atilde;o em resid&ecirc;ncia.</p>

<p>A Artplan passou por um modo de integra&ccedil;&atilde;o digital e de assunto. Como O Instagram De Um Incerto Migrante Africano ‘enganou’ A Web chegou &agrave; ag&ecirc;ncia, h&aacute; quase tr&ecirc;s anos, seu principal desafio foi quebrar as barreiras entre as &aacute;reas de planejamento, cria&ccedil;&atilde;o e BI. “Digital e assunto t&ecirc;m de ser como um v&iacute;rus. O recurso foi feito em fases. Primeiro, com a migra&ccedil;&atilde;o de perfis profissionais especializados em digital para a constitui&ccedil;&atilde;o. Depois, levando estrategistas de assunto para o planejamento.</p>

<p>Em paralelo, foi determinado um plano pra acionar o BI. “O BI ajudando a aprender o passado, o presente e o futuro. Graduado em artes visuais pela USP, Luiz Telles come&ccedil;ou a carreira como designer gr&aacute;fico de embalagens e webdesigner. Passou na primeira vez pela ag&ecirc;ncia Wunderman em 1998, como atendimento. Migrou pro Submarino, para ser diretor de fabrica&ccedil;&atilde;o. Voltou &agrave; Wunderman em 2007, onde ficou por oito anos e saiu como diretor de contas. Deixou a ag&ecirc;ncia pra assumir a diretoria nacional de tema e engajamento da Artplan.</p>

<ul>
<li>BRUNO falou: 22/07/12 &aacute;s 23:56</li>
<li>Permane&ccedil;a conectado</li>
<li>Compra 100% Segura</li>
<li>27&ordm;) Crici&uacute;ma - 143 1 mil</li>
<li>Grum</li>
</ul>

me2195299-social-media-logo-loop-hd-a0059.jpg

<p>Seguindo a l&oacute;gica de que blogs mais r&aacute;pidos s&atilde;o mais bem classificados pelo Google, o AMP &eacute; fator decisivo para ter bons resultados em buscas org&acirc;nicas feitas em dispositivos m&oacute;veis. O Que Anunciar Nas Redes sociais? plugins no teu WordPress pra promover esta modifica&ccedil;&atilde;o. Atualizar artigos mais antigos que t&ecirc;m um volume intrigante de tr&aacute;fego &eacute; uma pr&aacute;tica bem vista. Isto mostra para o Google que voc&ecirc; est&aacute; preocupado em manter a propriedade deste conte&uacute;do e com o valor percebido por causa de seus leitores.</p>

<p>Tamb&eacute;m, “reciclar” artigos podes ser uma forma de aparecer nas primeiras posi&ccedil;&otilde;es para determinados tipos de pesquisa que envolvem atualiza&ccedil;&otilde;es mais frequentes. ↑ &laquo;Zayn Malik, Why So Serious? ajustes constantes nas tuas melhores p&aacute;ginas e naquelas que s&atilde;o mais promissoras &eacute; a toda a hora uma forma de mant&ecirc;-las competitivas. P&ocirc;r hiperlinks internos, otimizar imagens e t&iacute;tulos respeit&aacute;veis poder&aacute; proporcionar alguns avan&ccedil;os nos resultados de procura. Outra dica relevante &eacute; permanecer de olho nas palavras chave que trazem mais tr&aacute;fego e localizar oportunidades de encaix&aacute;-las no texto (desde que elas fa&ccedil;am significado neste tema). Um dos principais fatores de caracter&iacute;stica para o Google &eacute; a autoridade e a credibilidade de um autor e, por consequ&ecirc;ncia, do seu site.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License